Nós de A.A. somos homens e mulheres que descobrimos e admitimos ser incapazes de controlar o álcool. Aprendemos que precisamos viver sem ele, a fim de evitar a ruina para nós mesmos e para os que nos são caros.

Com grupos locais em milhares de comunidades, participamos informalmente de uma irmandade internacional, com membros em mais de 180 países. Nosso único e fundamental propósito é nos manter sóbrios e atender aqueles que nos procuram, ajudando-os a alcançarem a sobriedade.

Não somos reformadores nem estamos ligados a qualquer grupo, causa ou filiação religiosa. Não temos desejo algum de tonar o mundo abstêmio. Não recrutamos membros. Evitamos impor nossos pontos de vista e só nos pronunciamos sobre eles quando solicitados.
Em nossa Irmandade se encontram homens e mulheres de idades e níveis sociais, econômicos e culturais dos mais variados. Muitos dentre nós beberam por anos a fio antes de compreenderem que o álcool era, para eles, incontrolável, outros tiveram a sorte de chegar a essa conclusão logo que começaram a beber exageradamente.

Variam as consequências de nossa maneira alcoólica de beber. Alguns de nos estavam praticamente perdidos antes de buscar a ajuda de A.A. Não tínhamos mais família, bens ou respeito próprio. Tínhamos vivido na sarjeta de muitas cidades. Havíamos sido hospitalizados e presos algumas vezes, havíamos cometido muitas ofensas graves contra a sociedade, contra nossas famílias, contra nossos patrões e contra nós mesmos.

Outros de nosso meio nunca foram presos ou internados. Nem perderam empregos ou família por causa da bebida. Porém finalmente chegamos ao ponto aonde descobrimos que o álcool  estava interferindo em nossa vida normal. Quando descobrimos que não poderíamos  viver sem álcool, também procuramos ajuda no A.A.

Une-nos um  problema comum: o álcool. Reunimo-nos; trocamos ideias e juntos ajudamos a outros alcoólicos. Dessa maneira, podemos permanecer sóbrios e eliminar a compulsão pela bebida, o que era outrora uma força dominante em nossa vida.

Através do A.A. aprendemos muito sobre o alcoolismo e sobre nós mesmos. Tentamos manter esse aprendizado bem claro em nós o tempo todo, porque nos parece ser a chave de nossa sobriedade. Para nós é fundamental que a sobriedade seja sempre a primeira preocupação.

Direitos Autorais de Alcoólicos Anônimos no Brasil
JUNAAB – Junta de Serviços Gerais de Alcoólicos Anônimos no Brasil

Saiba mais em www.alcoolicosanonimos.org.br